Neste post você vai conferir dicas valiosas sobre como retirar leite materno (ordenhar), armazenar e utilizar o leite. Claro, existem formas corretas de se fazer isto, garantindo a segurança do bebê, mamãe e do leite.

Bom, antes de irmos para a ordenha em si, temos que nos preparar antes, certo?! Confira abaixo todo o preparo que temos que ter antes da retirada de leite do peito.

Recipientes para armazenamento do leite

Antes da retirada do leite materno, é importante já termos preparado o recipiente onde iremos armazena-lo. O potinho onde o leite será colocado precisa ser de vidro. Isso porque o vidro impede a proliferação de microrganismos se ele for higienizado de forma correta, além de não deixar que a gordura do leite fique presa dentro do pote. Outra dica importante é que a tampa deste pode de vidro seja de plástico e não de metal, porque o plástico é mais fácil de limpar, além disto, o metal, mesmo após a higienização, ainda pode conter bactérias. E claro, se houver a necessidade de uma tampa nova, a de plástico é mais acessível. Vale lembrar que, a boca deste pote de vidro tem que ser larga para evitar derramamento de leite.

Mas você deve estar se perguntando, se o vidro é melhor, porque o recipiente da bomba de extração é feito de plástico?

Apesar de serem feitos à base de plástico, ele é um plástico reforçado e preparado com material próprio para esta finalidade. Só para ter uma noção, o recipiente da bomba pode ir para uma autoclave (máquina de esterilização hospitalar), local que um plástico comum e mesmo um vidro comum não pode ir.

Como iremos esterilizar este pote em uma água fervente, o vidro pode ser utilizado. Já o plástico comum não pode, porque, ele pode soltar a resina dele durante o processo de fervura e acabar contaminando o leite depois.

Como esterilizar o pote de vidro?

Escolhidos os potinhos de vidro onde iremos armazenar o leite materno, iremos lava-los com água e detergente neutro em seguida enxaguar bem. Agora com eles limpos, vamos preparar a panela com água e colocar sob o fogo, quando a água estiver fervendo, abaixe o fogo e coloque os potinhos na água e deixe-os em fervura por 15 minutos. Após este processo, vamos retirar os potes de vidro e deixar secando em uma bancada limpa. Lembre-se, não pode secar os vidros com um pano ou algo do tipo, porque isto pode contaminar o potinho, deixe-os secarem sozinhos. Depois de secarem, é só fechar com a tampa de plástico e guarda-los em um ambiente limpo e seco.

(imagem retirada da internet)

Higienização das mãos e da mama

Antes da extração do leite materno, um ponto primordial é a lavagem das mãos de forma correta. Desta forma, estaremos reduzindo risco de contaminação do leite e garantindo a segurança do bebê.

O primeiro passo para a lavagem correta das mãos é molhar as mãos. Em seguida, com uma boa quantidade de sabão, vamos esfregar as palmas das mãos, dorso das mãos, entre os dedos, ponta dos dedos, polegar e pulsos. Garantindo a higienização completa das mãos. Para enxaguar, vamos fazer com que a água escorra a ponta dos dedos para o pulso. Garantindo que eu não leve sujeira do braço para as mãos recém-lavadas.

Separamos um videozinho do Dr. Dráuzio Varella ensinando a maneira correta de se higienizar as mãos.

Já a realização da lavagem das mamas é algo mais simples. Elas devem ser lavadas apenas com água limpa. Não se faz uso de sabão para evitar que restos de sabão fique na mama e venha acidentalmente contaminar o leite materno. Sendo assim, a higienização apenas com água limpa é o suficiente. Depois seque a mama recém-lavada com uma toalha limpa e seca.

Ordenhando o Leite Materno

Agora sim, vamos começar a falar sobre a extração do leite materno. Antes de iniciar a ordenha, o ideal é massagear a mama que será ordenhada.

Ambiente calmo e tranquilo

A primeira dica é preparar o ambiente para se realizar a retirada do leite. Para que seja um processo tranquilo, o ambiente tem que estar tranquilo. Prepare o ambiente para que fique o mais confortável para você, mamãe, que irá realizar a ordenha.

(imagem retirada da internet)

Massagem da mama

A massagem tem a finalidade de fluidificar o leite dentro da mama. Isso além de fluidificar, ajuda o leite a ir se soltando das glândulas mamarias e começar a descer para o bico da mama, facilitando a saída do mesmo.

A massagem é iniciada na Aréola, realizando movimento circulatórios, da Aréola para as extremidades da mama, ou seja, da Aréola da mama para o corpo da mãe. A massagem pode ser feita realizando dois dedos, ou os quatro dedos; da forma que a mãe achar mais confortável. Depois ela volta a massagem das extremidades do seio para a Aréola.

Vale ressaltar que, a massagem na mama deve ser feita por pelo menos 5 minutos. Desta forma, o leite vai estar bem fluidificado e bem solto da mama, facilitando a saída do leite, deixando o processo de extração mais fácil, rápido e confortável.

(imagem retirada da internet)

Realizando a ordenha manual

A para fazer a retirada de leite com as mãos. Depois que você já realizou todo o preparo (ambiente calmo e tranquilo, potinho de vidro já esterilizado, mãos e mamas limpas) é chegada a hora de realizar a ordenha.

Com o dedo polegar e o indicador, faça o posicionamento de pinça, em formato da letra C em volta da Aréola, empurre a mama para o tórax e aperte o peito. Vale destacar que o objetivo é apertar o peito para extrair o leite e não espremer a mama. Por isto, realizar a ordenha não dói.

É importante dizer que, para a ordenha manual, há recomendações dos profissionais de saúde para que o cabelo esteja bem preso, se possível, fazer uso de uma touca na cabeça, fazer também o uso de uma máscara, para evitar que a respiração contamine o leite que está sendo ordenhado.

(imagem retirada da internet)

Realizando a ordenha com uma bomba extratora

Antes de falarmos aqui sobre como posicionar a bomba extratora, é importante dizer sobre qual modelo de bomba utilizar. A Mega Loja do Bebê segue as recomendações médicas e não indica que a ordenha seja feita com uma bomba extratora, e sim, apenas a ordenha manual. Entretanto, sabemos que a adaptação da mamãe em ordenhar o leite é muito particular de cada mulher, e nós respeitamos isto. Desta forma, indicamos o uso de uma bomba extratora completa, ou seja, que não seja aquela pequena em formato de pera ou seringa. Pois estes modelos acoplam apenas o bico do seio, machucando o bico e/ou aréola. Outro modelo não indicado é a elétrica, pois a pressão gerada por elas pode ser grande ao ponto de machucar o bico do seio. O ideal é uma bomba extratora que tenha uma grande área para acoplar a mama, que ela não acople apenas o bico e a Aréola, mas sim, uma grande área da mama. Dê preferência para as bombas manuais, onde você controle melhor a pressão que ela irá exercer, e você consiga parar no momento em que desejar. E o mais importante de tudo, que seja um modelo que não agrida a mama da mulher.

Mesmo que a mulher for fazer uso de uma bomba extratora, os outros passos devem ser seguidos. Ou seja, o ambiente tem que estar calmo e tranquilo, as mãos e a mama da mulher têm que estar higienizadas e a massagem irá facilitar a extração do leite.

Vale ressaltar que, em casos de ordenha com bomba extratora, a bomba também precisa passar pelo processo de esterilização, igual os recipientes de vidro que foram citados no começo desta postagem. Respeitando o mesmo princípio. Outra dica importante, é que para a ordenha com uma bomba, não é necessário fazer o uso de uma touca e máscara, isto porque, a bomba é um item fechado que não permite que o leite entre em contato com possíveis contaminações do lado de fora.

(imagem retirada da internet)

Os primeiros jatos da ordenha

Prezando pela segurança do bebê e, objetivado a redução do risco de contaminação. Os médicos e enfermeiros recomendam que seja desprezado os primeiros jatos da ordenha. Desta forma, uma possível contaminação que possa ocorrer nos primeiros jatos, serão descartados, reduzindo o risco de contaminação para a criança por meio do leite.

Armazenamento do Leite

Após a extração do leite, existe duas formas de armazenar este leite. Sendo eles dentro da geladeira ou no freezer. Uma dica importante aqui, se você for congelar o leite materno, ele não pode ser colocado no freezer de geladeira de uma única porta, isto porque, a porta da geladeira vai ser aberta várias vezes ao dia e o freezer interno não consegue manter uma temperatura constante. O ideal é que ele seja armazenado em um freezer de uma geladeira de duas portas. Ou ainda, em um freezer que seja separado da geladeira, para que se mantenha uma temperatura ideal e constante de congelamento.

Validade do leite ordenhado

Bom, sobre a validade deste leite, aí depende da forma em que ele foi armazenado. O leite que foi refrigerado, ou seja, que foi colocado dentro da geladeira, ele possui uma validade de 12 horas. Vale ressaltar que, o leite não pode ser colocado na porta da geladeira, isto porque ali sofre muita oscilação de temperatura. O ideal é colocar o leite na parte mais fria da geladeira, que geralmente é no fundo dela. Em hipótese alguma, armazene o leite no compartimento de frutas da geladeira, aquele compartimento que fica em baixo. Pois ali é onde a geladeira menos trabalha, não conseguindo refrigerar o leite de forma adequada.

Já o leite que for para o freezer para ser congelado, ele pode ficar congelado por até 15 dias. Já para descongelar este leite, o processo de descongelamento deve ser feito de forma leve. Ou seja, você o tira do freezer na noite anterior e coloque na geladeira, ou tira algumas horas antes e coloque na geladeira. Se tiver de fazer o aquecimento deste leite, o ideal que faça isto em banho maria. Em hipótese alguma coloque o leite direto na panela para ferver, muito menos, coloque ele no micro-ondas para descongelar. Evite que o leite fique em uma temperatura muito elevada porque a alta temperatura acabar quebrando algumas moléculas do leite, principalmente moléculas do sistema imunológico e gordura.

Outra informação importantíssima. Nunca recongele o leite que já foi descongelado. Muito menos congele um leite que teve em contato com a boca do bebê. Isto porque ao recongelar um leite que foi descongelado se perde alguns nutrientes do leite. Já o leite que teve contato com a boca do bebê tem saliva do bebê que pode acabar contaminando o leite depois de algum tempinho, já que a saliva é um meio de proliferação de bactérias. Desta forma, o leite que foi descongelado e não utilizado deve ser descartado, assim como a sobre de leite que teve contato com a boca do bebê.

Separamos para você três vídeos que complementam todas as informações que você leu nesta postagem aqui em nosso blog.

 

Gostou das nossas dicas? Curta nossa página no Facebook para estar por dentro das novidades. Acesse a Mega Loja do Bebê para aproveitar nossas ofertas e promoções.

Fontes:
SBP. Como colher e estocar o leite materno. Sociedade Brasileira de Pediatria – SBP 20 de out. 2017. Disponível em <https://www.sbp.com.br/especiais/pediatria-para-familias/noticias/nid/como-colher-e-estocar-o-leite-materno/&gt;
BELTRAME, B. Quanto tempo o leite materno pode ficar fora da geladeira?. Tua Saúde, ago. 2020. Disponível em <https://www.tuasaude.com/conservacao-do-leite-materno/&gt;
SOUSA, L. Coleta e armazenamento de leite humano em domicílio. Hospital Universitário – Universidade Federal do Maranhão. Telessaúde / Telemedicina, 26 de ago. 2020. Disponível em <https://ares.unasus.gov.br/acervo/handle/ARES/19793&gt;
BRITO, N. Como retirar o leite materno – Ordenha Manual. YouTube – Canal: Nazaré Brito. Disponível em <https://youtu.be/f2T7sd99yH0&gt;
HILGERT, S. LEITE MATERNO: como extrair e armazenar de forma segura. YouTube – Canal: Macetes de Mãe. Disponível em <https://youtu.be/dS4rCL8gXTs&gt;
HERRERO, L. Meu peito está empedrado de leite. O que eu faço?. YouTube – Canal: Dra Luciana Herrero. Disponível em <https://youtu.be/cl72CLIfQ-Q&gt;

By

Deixe uma resposta