Mosquiteiros: entenda a importância para a proteção dos bebês

Você sabe por que os mosquiteiros para bebês são tão importantes? Sem eles, os pequenos podem adquirir algumas doenças devido a picadas de mosquitos e outros insetos. Esses leves pontinhos vermelhos podem parecer inofensivos, mas geram alergias, coceiras, incômodos e outras complicações, principalmente no Brasil — onde o clima favorece o surgimento de mosquitos.

Com todos esses problemas, muitos pais desejam adquirir redes mosquiteiras, mas costumam ter dúvidas sobre qual o melhor modelo, como ele deve ser instalado no berço e o quanto ele é importante para a saúde do bebê.

Por isso, elaboramos este artigo para esclarecer as dúvidas e reforçar a importância de colocar o mosquiteiro na lista do enxoval do seu bebê. Boa leitura!

A importância dos mosquiteiros para bebês

Peça utilizada desde o tempo de nossos avós (ou até antes), o mosquiteiro é a maneira mais eficaz de proteger a criança contra picadas de mosquitos, abelhas, pernilongos e outros insetos. Por isso, ele é essencial para impedir a transmissão de doenças, desencadear alergias e possíveis inflamações, garantindo ao seu bebê um sono tranquilo e uma melhor qualidade de vida.

Mesmo o bebê estando vestido, suas mãos e rosto ficam expostos e suscetíveis às picadas. Então, as roupas e cobertores não são suficientes para protegê-lo.

Uma doença que assusta muito os pais é a dengue. No início, ela se manifesta com febre alta, dores musculares fortes, náuseas e vômitos, mas pode trazer outras complicações piores caso não seja tratada rapidamente e de modo adequado.

O uso do mosquiteiro é indispensável principalmente nas regiões Norte, Nordeste e Centro-Oeste do Brasil, locais onde se concentra o maior índice de doenças pela presença de mosquitos e pernilongos.

Alguns pais optam pelo uso de repelentes e outros tipos de produtos que inibem a presença de mosquitos e insetos no quarto, utilizando-os até mesmo sobre a pele do bebê. Mas o que eles não sabem (e deveriam ficar atentos) é sobre a quantidade de compostos químicos um repelente possui.

Mesmo os repelentes ditos naturais ou os específicos para bebês contêm substâncias que podem provocar reações alérgicas. Os médicos recomendam evitar esses produtos pelo menos até os seis meses de idade, pois a pele da criança ainda é muito sensível e absorve facilmente essas substâncias.

Mesmo os repelentes que são ligados na tomada contêm substâncias tóxicas e devem ser evitados o máximo possível.

Quando e como usar o mosquiteiro

Muitas mamães ficam na dúvida ao colocar ou não um mosquiteiro — acham que não combina com o quarto, que acumula muito pó ou que é difícil sua manutenção.

Geralmente, os mosquiteiros para bebês são feitos de tule, renda de algodão ou filó, que são tecidos fáceis de limpar e de secagem rápida. É possível lavá-los sempre que achar necessário, sem se preocupar se tem sol ou se faz frio.

Outra dúvida (ou melhor, preocupação) das mamães é o medo do bebê se sufocar com o mosquiteiro, puxando um pouco do tecido e colocando-o na boca.

Primeiramente, você deve procurar por uma rede de boa qualidade, com tramas finas e tecido adequado, e certificar-se sempre de que o modelo seja adequado ao berço, evitando, assim, que o bebê leve-o à boca.

Já existem no mercado vários tipos de mosquiteiros e você pode escolher o que mais combina com os móveis do quarto do bebê, deixando-o muito aconchegante.

Verifique a altura do tecido e se não há a possibilidade de o bebê alcançá-lo, assegurando-se de que haja certa distância entre o berço e o tecido.

Você pode escolher entre modelos de teto, suportes de madeira presos no berço e os fixados na parede lateral, sendo os três de fácil colocação e removíveis quando desejar. Alguns têm elásticos para prendê-los no berço, evitando que o bebê o puxe e deixando as mamães mais tranquilas.

Existe ainda o modelo dossel, um mosquiteiro muito charmoso que a mamãe pode continuar a usar mesmo quando o seu bebê estiver com mais idade — aliás, muitos adultos também usam esse tipo de rede, servindo até mesmo como parte da decoração.

O que a mamãe também deve ficar atenta é quando for colocar o bebê no berço. Verifique se no seu interior não há nenhum inseto que possa ter entrado ao abrir e fechar o mosquiteiro para tirar ou colocar o bebê, e sempre preste atenção ao fechá-lo quando o bebê for dormir.

O uso do mosquiteiro também no carrinho

Os bebês precisam sair de casa, tomar um pouco de sol, respirar o ar fresco da manhã e ter contato com a natureza. Isso é fundamental para eles.

Mas, às vezes, as mamães ficam com medo de que seu bebê sofra com picadas de insetos, e o que deveria ser um passeio agradável se transforma em complicações para o pequeno.

Um exemplo de saída que pode causar problemas é uma caminhada no parque. Como o local tem gramas e árvores, certamente haverá mosquitos ou outros insetos. Por isso, muitos pais evitam sair com seu bebê em áreas mais verdes, mesmo sabendo que será bom e saudável para ele.

Mas este post veio para te deixar tranquila: existem mosquiteiros apropriados para carrinhos! Basta levá-lo à loja e ver o modelo de rede mais adequado. Assim, dá para usufruir de agradáveis passeios no parque com o bebê em segurança.

Mesmo que você vá visitar um parente, uma amiga ou fazer uma viagem curta, é importante levar o mosquiteiro para colocar no bebê conforto ou no carrinho, evitando que o bebê fique exposto a picadas de insetos.

Depois de conhecer os tipos de mosquiteiros e a importância do seu uso, você não vai querer ver seu bebê cheio de picadinhas e exposto ao risco de alergias e outras doenças, não é mesmo?

Por isso, seja inverno ou verão, não hesite em colocar esse item no berço. Garanta a saúde e o soninho tranquilo com a compra de uma rede de qualidade, feita com bom tecido e com suportes que priorizem a segurança do seu bebê.

Quer conhecer mais mosquiteiros para bebês e outros artigos essenciais para o quarto do seu pequeno? Então assine a nossa newsletter e receba todas as novidades no seu e-mail!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Share This