6

Cadeirinha para bebê e crianças.

O transporte de crianças em cadeirinhas, quando em veículos, é obrigação para crianças de até sete anos de idade e, de sete a dez anos, obrigatoriamente, a criança deverá ser transportada no banco traseiro, com cinto de segurança. A lei da cadeirinha foi aprovada pelo Contran, e regulamenta o transporte de crianças em veículos automotores. A infração à lei é considerada infração gravíssima, gera multa e dá perda de sete pontos na carteira de habilitação e apreensão do veículo no ato do flagrante.

Os pais que gostam de viajar com as crianças de carro precisam estar atentos ao uso das cadeirinhas veiculares, que são indispensáveis e precisam ser usadas da forma correta e adequada a cada faixa etária. “O uso inadequado do equipamento traz uma falsa sensação de segurança, o que pode tornar os pacientes ainda mais perigosos”,

Jeito certo de posicionar a criança no carro

– Quando a criança for transportada no banco traseiro, é preferível utilizar o assento do meio. Essa atitude simples diminui a chance de trauma em caso de acidente.

– Ao colocá-la na cadeirinha, siga rigorosamente o manual de instrução do fabricante e guarde-o para futuras consultas.

– Nos casos em que se pode transportar a criança no banco da frente, afaste o máximo possível o banco do para-brisa, para evitar que ela se corte se algum acidente ocorrer.

 

1-bebe conforto-cocoon
  • Facebook
  • Twitter
  • Google+
  • LinkedIn
Bebê conforto  – de RN até 9, 10 ou 13kg

É o menor modelo de todos. Ele serve para transportar bebês desde recém nascidos até alcançarem 9, 10 ou 13kg, dependendo do fabricante. Eles devem ser fixados no carro sempre no banco de trás, no centro ou atrás do banco do passageiro, mas há especialistas que dizem que no centro do veículo é mais seguro, principalmente no caso de uma colisão lateral). Outro detalhe importante: o bebê conforto deve sempre ser fixado no carro voltado para trás. Isso garante maior segurança já que, também no caso de uma colisão, ela não sofrerá um movimento brusco no seu pescoço, que não é ainda totalmente firme.

Pontos positivos: o bebê conforto pode ser retirado do carro e usado também na base do carrinho assim, se o bebê estiver dormindo nele, tem a vantagem de você não precisar acordá-lo quando for tirá-lo do carro (basta levá-lo com bebê conforto e tudo). Além disso, há a possibilidade de você comprar um modelo que vem com base para carro. Assim, você fixa a base e toda vez que for tirar e pôr o bebê conforto não precisa tirar e pôr o cinto de segurança.

Pontos negativos: você só utilizará o bebê conforto por, em média, um ano. Depois disso, terá que trocar por um modelo maior de cadeirinha.

 

Cadeirinha/poltrona reversível – de RN até 16 ou 18kg
2-cadeirinha-reversível
  • Facebook
  • Twitter
  • Google+
  • LinkedIn

Esse modelo, por ser reversível (pode ser usado virado para frente ou para trás) pode ser usado desde que o bebê é recém nascido até ele ter, em média, 16 a 18kg (depende do fabricante). Com relação à posição de colocação no carro, ela segue as mesmas orientações do bebê conforto: ser fixada no banco traseiro, no centro ou atrás do banco do passageiro, usando o cinto de segurança que será preso a ela mesma ou à uma base (à qual ela será fixada). Outro detalhe importante: assim como o bebê conforto, ela deve ser fixada no carro voltada para trás, até a criança ter, pelo menos, 10kg . Caso a criança atinja 10kg antes de completar um ano, a indicação é que ela continue voltada para trás, até chegar a um ano de idade. (Importante: alguns especialistas falam que o ideal é deixar a cadeirinha voltada para trás pelo maior tempo possível, ultrapassando o marco de 10kg ou um ano. Isso para garantir uma maior segurança em caso de acidentes).Caso o modelo escolhido de cadeirinha não seja reversível, ou seja, não possa ser fixado virado para trás, então ele é indicado somente para crianças acima de 10kg. Por isso, cheque atentamente esse detalhe no momento da compra, se não, você terá que trocá-lo.

Pontos positivos: você gasta uma vez só. Se comprar esse modelo (desde que reversível), não precisa comprar o bebê conforto, pois ela também atende crianças do tamanho RN até 9, 10 ou 13kg (dependendo do fabricante).

3-cadeira-não-reversivel
  • Facebook
  • Twitter
  • Google+
  • LinkedIn
Cadeira/poltrona não reversível – de 9 a 36 kg

Esse modelo de cadeira é para crianças a partir de 9 kg e pode ser usado até ela atingir 36kg. Ele é fixado ao carro somente na posição voltada para frente. Normalmente, por servir a crianças de vários tamanhos e idades, ela vem com redutores e itens para ajuste, para garantir maior conforto e segurança para os pequenos: ajustador de ombros, almofada redutora para as costas, etc…

Pontos positivos: pode ser usada por bastante tempo, já que serve para crianças de 9/10kg até 36kg.

Pontos negativos: justamente por servir para várias idades ela tende a não ser 100% confortável quando a criança é mais nova. Por isso, indica-se a escolha de um modelo que venha com redutores e itens para ajuste.

 

Assento de elevação ou booster –  acima de 16/18kg

Assento de elevação ou Booster (crianças de 4 a 7 anos e meio e peso acima de 25 e 36 Kg ou mais): o assento de elevação é uma cadeirinha obrigatória para o transporte de crianças que estão na faixa etária de 4 a 7 anos e seis meses ou, ainda, em crianças de menor idade mas com peso compreendido entre 25 Kg ou mais. O equipamento é instalado no banco traseiro do veículo, com cinto de segurança de três pontos. O assento de elevação faz com que, o cinto, seja passado em locais estratégicos pelo corpo da criança, ou seja, nos quadris, no centro dos ombros e no centro do peito.

Esses são modelos bem mais simples, cujo propósito é mesmo deixar a criança mais “alta” no carro e, assim, na posição correta do cinto de segurança (para evitar que, no caso de uma colisão, o cinto machuque órgãos internos).

 

Erros ao colocar a criança na cadeirinha

     Os principais erros cometidos pelos motoristas no transporte de crianças são: cadeirinha frouxa ou mal instalada; equipamento virado para o lado errado; assento pequeno ou grande demais para a criança e cinto de segurança largo. Também está errado um adulto sentado no banco traseiro querer retirar a criança da cadeirinha com o carro ainda em movimento.

     Para preservar a integridade física da criança durante o transporte em veículos, é importante usar cadeiras certificadas que sejam apropriadas ao tamanho e ao peso da criança e que se adaptem devidamente ao automóvel.

    É fundamental o uso adequado da cadeirinha seguindo as instruções corretas de instalação e tipo referente a cada idade. É mais do que provado que a cadeirinha pode salvar vidas e também minimiza a consequência do acidente na criança.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Share This